sexta-feira, abril 27, 2007

Sexo Virtual

Nada contra, mas para mim, não obrigada!

Desde que aqui temos o chat, tem sido um não parar de egipcios, algerianos, sul-americanos, espanhois, franceses e italianos cheios de tesão a dizer que nos faziam isto e aquilo e etc.

Eu, que sou menina bastante imaginativa e fantasiosa, simplesmente não tenho pachorra!
Todas aquelas palavras ocas aparentemente torridas não me animam nem um pouco e muito menos afectam a minha libido. Preciso de algo mais do que palavras e a ideia de um rebarbado qualquer perdido no mundo a teclar em frente a um computador.
E dou comigo a pensar:
"No que toca a SEXO, não há nada melhor do que a velha maneira tradicional! Pele com pele, a ouvir a respiração do outro e a sentir ao vivo todas as reacções e sensações!"

(se bem que já ouvi falar por aí em quecas espirituais que dizem que são uma maravilha, mas dessas ainda não experimentei :p)

Portanto ja sabem...com a Arrogante só ao vivo!

2 comentários:

Puta Obediente disse...

Eu acho que se devem explorar todas as vertentes do sexo, claro que a virtual se torna muito incomplenta numas partes, mas pode ser bem mais rica noutras

puta arrogante disse...

Ok, após mais algumas conversas vou reformular.

De facto, o sexo virtual pode ser interessante, mas tem de ter o minimo de contexto.
Não é simplesmente chegar, despejar a tesão ou a testosterona com meia duzia de comia, lambia, fazia e acontecia...