terça-feira, dezembro 26, 2006

É Natal, venha a Santa!

Estando ainda no escaldo das Natalinas Festividades, gostaria de perder um pouco de tempo convosco falando de uma figura muito nossa conhecida, de seu nome Sta. Consumista. (Nada mais apropriado, julgo eu!)
Quais menino jesus, pai natal ou prenda no sapatinho?!
Hoje em dia ninguém sabe o que isso é. Da festa católica sobra já muito pouco ou quase nada.
O presépio foi suprimido para dar mais lugar às prendas, a missa do galo parece uma lenda e o pai natal somos nós!
E com esse poder, o de escolher as nossas próprias prendas, o consumismo dispara e vai ao rubro!

É tudo obra da Sta. consumista, senhora que gasta o que tem e o que não tem para satisfazer os seus próprios caprichos!

Somos de tal modo vulneráveis à sua influência que damos por nós no meio de centros comerciais no dia 24 à tarde, para comprar aquela ultima prendinha que faltava...mesmo que durante todo o ano, e em plena posse das nossas faculdades tivessemos jurado que nunca o faríamos!
Aviso desde ja que a Santa é perigosa, nunca se satisfaz e já se encontra a preparar e planear o ataque do próximo ano.
Estejam Atentos!
Ps: A propósito, espero que as vossas natalidades tenham sido boas ;)
Puta Arrogante

1 comentário:

Puta valente disse...

O natal é coisa da qual nã gosto!! E ainda por cima caímos na parvoíce de “espírito natalício” com o qual não nos identificamos e decidimos mutar…

“Ora se não posso ser caridoso, deixem-me ser consumista! Por favor! Estou a suplicar para que me deixem vaguear no centro comercial, no dia 24 às 24 horas! Sim, e depois?? Tenciono consumir! Tenham noção! Chauvinistas!”

Enfim… eu ainda andei num desses dias numa dessas cidades de pedra e gastei muita sola a desviar-me de um povo pobre, endividado e inamovível… uma lapada!... Era o que era!...
Onde fica o amor pelo próximo, por pleno altruísmo, o calor do carinho, o cheiro a caramelo de um doce beijo? Hum? Sim só não sou o Scrudge porque sou pobre!!
Mais, não digo.