sexta-feira, maio 04, 2007

Longa, pequena, insuficiente viagem…

Senti-me cansada, sentei-me na cama, aquela fria e vazia. Esperei que se libertasse a alma aflita e o corpo tombou para o lado, lento pesado. A carne tentou transpor a pele, causando uma dor agonizante, soltando um gemido infindável. Não se compadeceu essa alma, agora livre, deixou a promessa que voltava.
Ias leve, sem contas dadas à gravidade, absorvendo com olhos teus, o mundo que não te é permitido ver, beijaste árvores, crianças que brincavam e que iam de mãos dadas com os avós.
Ficaste ao sol, brincaste com areias de todas as cores, enrolaste-te nas ondas de diferentes sais, riste para estranhos e abraçaste-os também. Deste amor a estranhos e confidenciaste a quem não voltará a ouvir-te as paixões que não te permito viver.
Falaste de penas, mágoas… expuseste as nossas memórias como se fossem obras de arte gótica, na galeria do mundo; desvendaste mistérios e ergueste véus para o Universo.
E com uma lágrima cheia de dor, presa no olho, sem a deixar cair, toldando-te a visão, do caminho, voltaste…
Acordo, e o vazio com que me deitei, está agora maior…

9 comentários:

Criatura Sofrida disse...

Tanta puta neste mundo e a valente a sentir-se sozinha, tou a ver o efeito do vinho a passar...
Manda-me aí a morada pra mandar pinga da boa ou então vamos lá a um encontro...banir a solidão!!!

puta arrogante disse...

Ó Valente, isto soou me a proposta!

puta valente disse...

A valente nem sempre fala na primeira pessoa, fala do mundo, da vida, mas raramente da dela.
De qualquer das formas, Valente não diz não a propostas! Venha!

puta arrogante disse...

olha, olha...raramente fala dela...
quem não conheça que te compre!

puta valente disse...

ó filha, as confidencias q te faço não contam!
porca!

Criatura Sofrida disse...

Encontram-se as verdades descobrem-se as comadres

Masturbatrix disse...

Calma miúdas!

Valente:
Arte?...e gótica?!
ainda se fosse abstrata...
Vazio??? oh ohhh...pois!
e quem mandou sonhar com arte?...
A arte é a mais bela das mentiras.. dizia praí um gajo qq que agora não me lembro.
Não sonha mais com isso pah... a menos que engates um artista.

Puta valente disse...

O vazio é o nada, pleno de tudo :)

Sou tão redundante!
ihihihiih
Cordialissimas...
;)

Masturbatrix disse...

tudo se pode esconder...claro!