quarta-feira, fevereiro 14, 2007

Horror e Tragédia do dia mais Venezuelano do Ano


Decidi fazer um post dedicado a este dia fastidioso. Fastidioso porque é torturante sair à rua e ver pombos soltos por esta Lisboa (como hà poucos a cagar por todo o lado!”, com ar de apaixonados, quando muitos deles simplesmente pensam: “será que isto vai ser para durar?” ou então “bem será a última prenda!” ou melhor ainda “conseguirei ter tempo pa 2 jantares?”. Para não falar do mais ridículo de tudo, ver o que as montras das lojas expõem com orgulho e mais ridículo ainda é ver as pessoas comprar. Eles são os ursos com o belo coração vermelho entre as suas mãos... que deviam ser todos largados na A1 em hora de ponta! Eles são aqueles anjinhos irritantes ou então diabinhos que tentam ser atrevidos, cuja a sua utilidade é serem expostos nos vidros das janelas e que dizem amo-te, adoro-te... que deviam ser todos trocidados na linha de Metro! Acredito que daria congestionamento mas…. Era por uma excelente causa! Depois também temos que lidar com os tsunamis das rosas! Pelo menos os “qué flô?” têm uma noite em cheio! Mas dizia eu… as rosas a preços de fazer murchar qualquer pétala! E os restaurantes?!!? Que inflacionam os preços especificamente neste dia… E tudo isto meus caros, tudo isto…. Para espetar uma simples e tradicional queca! Ora por favor?!?! E o que eu acho mais grave... o mais grave de tudo isto, é que se algum dos parceiros se esquece que hoje é dia dos namorados… acontece o horror e a tragédia… erro crasso raramente perdoável.
Bem apesar de achar este dia ridículo, devo dizer que fiz uma pequena pesquisa acerca do dito santo. Ora bem, a história de São Valentim tem duas versões, sendo que ambas concordam que o santo viveu em meados do séc. III d.c.: a primeira diz que este santo se tornou mártir pois havia recusado abdicar da fé cristã que professava. A segunda já é um pouco mais romântica, nesta versão conta-se que o Imperador Romano Claudius II teria proibido os casamentos, para assim angariar mais soldados para as suas frentes de batalha. E foi o Sacerdote Valentim, que decidiu violar este decreto imperial realizando à sucapa todos os casamentos e mais alguns. Este segredo foi descoberto e Valentim teria sido preso, torturado e condenado à morte. Resumindo e concluindo São Valentim foi um sacerdote cristão e um mártir que teria sido morto a 14 de Fevereiro de 269 d.C.
Onde encontram os peluches, as rosas, os jantares e relógios swatch??? Pois é não encontram!! As pessoas vão à falência em nome de um santo que morreu por casar em segredo os enamorados. Não teria muito mais lógica neste dia as pessoas casarem-se? Em vez de ser o típico mês de Maio, deveria ser agora!!!!! E pronto não tenho mais veneno por destilar. Vou apenas tentar não olhar para as montras e se ver o “qué flô” ao longe, tentar fugir o mais rapidamente possível! Mas confesso que até gostei da história do santo. Pena que a sociedade tenha transformado o belo em vómito!
Despeço-me com silvos do mais venenoso que existe!
Puta Bifida

10 comentários:

Maria Ostra disse...

Eh pá, é assim como o natal...este dia...quando um/o homem quer e a mulher deixa...
Chachadas!

Puta disse...

em relação ao peluches, eu proponho ir um pouco mais além:

tudo o seja peluches de criaturas com mais de 13anos deveriam ser queimados em praça publica, uma especie de auto de fé versão toys r us!

puta arrogante

Puta valente disse...

Olha... O_O

Não posso aceitar isso, existem criaturas de peluche na minha vida que já tem estatuto, que estão gravadas na memoria, que sussurram historias a quem estiver atento...

Sou lamechas, e sou valente para assumi-lo e defende-lo!

puta arrogante disse...

mas ainda tens os peluches no plano fisico, ou estão guardadinhos na memória?

se ainda estiverem no plano fisico, digo te já que sou rigorosa e que se este auto de fé for em frente, so te vou deixar ficar com 1 (ou 2...como sou tua amiga, no máximo ficas com 3, pode ser?).

ah, e também eu tive criaturinhas de peluche que fizeram as delicias da minha infância e das quais guardo preciosas recordações (que se fique a saber que cada 1dessas criaturinhas tinha nome proprio!)

molécula, pouco saltitante disse...

olá criaturas de trabalho.
escrevo para felicitar por tantos escritos dignos da vossa profissão. Esta, dita a mais antiga de todas ... escolhida por alguns, merecida por outros, mas largamente aceite por todos.

serve este comentário para dizer que estou por aqui e que certamente não irei embora.

que amem a vossa profissão e os ganhos que dela retiram.

felicitações a todos.

molécula, pouco saltitante

Ps.: vamos instituir o dia obrigatório de caça ao pombo. Ontem não se aguentava com a quantidade de penas pelo ar. Acho que até teria direito a ser consagrado feriado nacional na fabulosa republica portuguesa da qual sou orgulhosa cidadã.

Coin-Operated boy disse...

Humm.. tenho uma opinião mto particular.. a essa acumulação de bifidez, neste post.. "Inveja".. é um pecado mortal, sabes.. acabei de verificar na wiki.. e sim ainda pertence a lista de pecados mortais..
Mas não te preocupes nesse dia só existem dois tipos de pessoas.. (",)

Puta disse...

tu e eu coin!! nessa altura falamos... pode ser que aí te mostre os dotes da minha cobra viscosa!;)

Puta Bifida

Coin-Operated boy disse...

As minhas finanças andam um pouco por baixo.. Não sei se posso pagar o pacote completo...
Além do mais.. ainda não vi uma tabela de honorários por aqui.. :P

Puta valente disse...

Puta arrogante,
são dois, em plano fisico! Debato-me por eles com a vida, tal como por ti,estou em conflito interno graças a ti, obrigadinha...

Molécula,
de saltitante é o que tens mais, mas isso são outras conversas ;)
Complementas a ideia da paciente, licença de porte de arma (que não chegou no dia) e tu na institução do dia, EXCELENTE!

Coin operated Boy,
Inveja continua a ser pecado capital, e neste dia so se encontra o comprometido casal ou o solteiro inveterado, ou também o desesperado que faz de tudo para conseguir alguem que sirva de galhardete, não olhando a cores nem medidas, tudo serve!
Quanto a honorários, somos putas não carne de talho, não existem tabelas, existem excepcionalidades, preciosidades únicas, existem coisas que não tem preço, e nós somos caras, exigentes, não somos de rua e somos um clube hermético. e sim orgulho também é pecado capital...

Bem Haja!

puta arrogante disse...

Valente...se são só 2criaturas no plano fisico, estás perdoada!
Podes ficar com elas ;)