sexta-feira, junho 29, 2007

Foi Deus

Comecei por carregar o mundo, arrasta-lo com linhas de roupa cozer, com ânsias de liberdade, mas sem o caminho saber, por entre um universo imenso, escuro, onde a luz das estrelas chegou por frestas, puxava eu aquele mundo, com desorientação arrogada. Ouvi festas, senti ventos galácticos, tropecei em astros maiores que o mundo que puxava, descansei, sentada em luas de nomes simples, Ri, Sê, Faz, Quer, Vive, Sente, Canta, Só, Pára, e Ama. Todas elas me deram papelinhos, cada um com a sua cor, com frases, as frases que as tornaram luas.

Ri, sem cócegas, entre lágrimas, com dores, mágoas ou angústias, e serás o calor de quem conseguir ouvir o teu rir.

Sê, porque nada é possível sem ser, tal como eu sou para ti agora.

Faz, não há pior que ficar na vontade de ter feito.

Quer, será sempre a certeza que te dá a garantia da concretização.

Vive, sempre atenta.

Sente, tudo, mesmo que seja mau, aprende, e fortalece o bom.

Canta, a música que te aprouver, com o timbre que tiveres, para que a sapiência nunca te abandone.

Só, isola-te, não te agarres a ninguém, nem a um lugar.

Pára, quando sentires que andar nada resolve.

Ama, quem ou o que quiseres, porque nada é mais grandioso.

Apenas palavras, espalhadas, apenas…

Continuo a minha labuta, arrasto-me, digna, mas cansada, renovo linhas, tropeço mais um pouco, e encontro um sol, imenso, confortável, charmoso, galante, conquistou-me, enroscou-me nos seus braços, libertou-me das linhas e garantiu-me que o mundo ficaria bem por ali, nunca iria perde-lo de vista, bastou-lhe olhar nos olhos do meu mundo, o mesmo ficou rendido e começou a girar em torno do agora meu sol. tudo e nada, tão perfeito. Conheci mundos, nos braços quentes do amor, e lembrei-me da frase da Ama,
"quem ou o que quiseres, porque nada é mais grandioso"
partilhei a ideia com o meu sol, um dia, depois de nos amarmos efusivamente, olhou-me com escárnio, misturado com desprezo, lançou-me de volta para perto do meu mundo, e tratou de explicar-me:
" a essa também a fodi"


Desorientei-me com o descartar deste sentir, alcancei gritos agudos, eram meus, era dor, tentei recuperar as linhas para arrastar o meu mundo e fugir, mas nada, rodei todo o meu mundo, mas ficamos presos perto deste sol déspota.

Hoje, ando em torno do meu mundo, louca, tenho fases, nunca sou a mesma, tornei-me fria, isolada, mas dependente, reflicto a luz de um amor que senti um dia, por vezes encontro o meu sol, mas nunca o toco, por vezes olho-o nos olhos… é ele que controla o meu mundo, e este gira em torno dele…

Sou a lua ilusão.

Ilusão, se quiseres viver o resto da eternidade louca.


3 comentários:

puta arrogante disse...

Valente o teu texto lembrou a seguinte musica dos 80's :P

Just an Illusion

Searching for a destiny that's mine there's another place another time.
Touching many hearts along the way
hoping that I'll never have to say
It's just an illusion - illusion - illusion.
Follow your emotions anywhere
is it really magic in the air?Never let your feelings get you down. Open up your eyes and look around
It's just an illusion - illusion -illusion.
Could it be that it's just an illusion putting me back in all this confusion?
Could it be that it's just an illusion now?
Could it be that it's just an illusion putting me back in all this confusion? Could it be that it's just an illusion now?
Could it be a picture in my mind? Never sure exactly what I'll find.
Only in my dreams I turn you on. Here for just a moment then you're gone.
It's just an illusion -illusion - illusion.
Could it be that it's just an illusion putting me back in all this confusion?
Could it be that it's just an illusion now?
Could it be that it's just an illusion putting me back in all this confusion?
Could it be that it's just an illusion now?. . .

El Cortez disse...

Hummm..reconheço alguma esperança revolucionaria....temos que atacar os parasitas..que nos destroem..as contas e os sonhos de um futuro saudavel.....

El Cortez

Masturbatrix disse...

Bravo.