quinta-feira, março 08, 2007

nostalgias...


Há tanto tempo não tropeço em ti, não te sorrio à existência criativa, não te brindo com o olhar de admiração, não leio palavras tuas, não te aconchego com um abraço de carinho, espontâneo, sem qualquer base, simplesmente existente, há quanto tempo não te pergunto como estás e o que te vai na alma...

Sou indolente, o tempo vem ter comigo, mas eu nem lhe dou ouvidos, nada vejo, nada quero…depois caio na minha almofada preferida e percebo que andei demasiado ocupado para me aconchegar nela um pouco…

Puta valente

2 comentários:

puta arrogante disse...

ui...nostalgias!
Sou dada a isso, e a desgraçada aparece quando menos espero e pelas razões mais tontas :p

Maria Ostra disse...

Que marmanjão que foste arranjar, Ah Valente! :P